Conflito entre Irã e EUA vai afetar preço dos combustíveis nos postos, diz Bolsonaro

Diante do conflito internacional protagonizado por Estados Unidos e Irã, o presidente Jair Bolsonaro afirmou que o episódio vai acarretar no aumento do preço dos combustíveis nas bombas dos postos brasileiros .

Diante do conflito internacional protagonizado por Estados Unidos e Irã, o presidente Jair Bolsonaro afirmou que o episódio vai acarretar no aumento do preço dos combustíveis nas bombas dos postos brasileiros e disse que pretende conversar com o ministro da Economia, Paulo Guedes, e  com o presidente da Petrobras, Castelo Branco sobre o assunto.

"Tentei falar com o Castelo Branco agora, ele não atendeu – está numa reunião. Tentei falar também com o Paulo Guedes, também não atendeu. Vou falar no caminho agora para o hospital. Eu quero ter as informações dele. Que vai impactar, vai, agora vamos ver o nosso limite aqui. Já está alto o combustível, se subir muito, complica", disse o presidente.

O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, autorizou o bombardeio que causou a morte do líder militar iraniano, Qassem Soleimani, na noite desta quinta-feira (2). Jair Bolsonaro ainda disse que iria conversar sobre o conflito internacional com o ministro-chefe do Gabinete de Segurança Institucional, general Augusto Heleno.

Ainda ao deixar o palácio da Alvorada nesta sexta-feira, Bolsonaro também comentou a decisão do presidente do Supremo Tribunal Federal, ministro Dias Toffoli, que suspendeu, na última terça-feira, a resolução que reduzia os valores do DPVAT em 2020. O presidente disse que respeita a decisão da justiça, mas acionou a Advocacia-Geral da União para recorrer da medida.

Sobre a reforma administrativa a ser enviada ao Congresso Nacional, Jair Bolsonaro disse que vai se reunir com os ministros no dia 19 deste mês para chegarem a um consenso que não cause impacto na sociedade.

 

Fonte: EBC

Comentários