News



foto

Carro Estacionado Na Ciclofaixa E Calçada.

Foto: Eduardo Santos

Prefeitura não cumpre promessa de fiscalização e trânsito em Xerém vira uma "bagunça"

A promessa era de fiscalização inclusive com reboques a partir da segunda semana de fevereiro

O trânsito no distrito de Xerém está cada dia mais caótico. Motoristas irresponsáveis desrespeitam as leis de trânsito e as sinalizações em qualquer hora do dia.

Estacionam irregularmente nas ciclofaixas da Praça da Mantiquira e da Estrada RJ 085 a estrada Rio d`ouro, estacionam em cima das calçadas, não respeitam o sentido único das ruas trafegando na contramão entre outras imprudências.

Na rua da policlínica de Xerém, estacionam nos dois lados da via e também em fila dupla, prejudicando inclusive o embarque e desembarque dos pacientes.
Na entrada da Vila Santa Alice os motoristas infratores não respeitam a indicação de mão única e o objeto fixo no cruzamento da via, e retornam alí mesmo, o que é um risco.

Na primeira reportagem publicada no início do ano, questionamos a Prefeitura de Duque de Caxias sobre uma solução para o problema e a resposta enviada a nossa produção foi que um trabalho informativo seria realizado por parte da guarda municipal no início do mês de fevereiro, e que a partir da segunda semana do mesmo mês motoristas infratores seriam multados e teriam seus veículos rebocados para um depósito público, mas a promessa da prefeitura não se concretizou.

Nos dias de sábado quando acontece uma feira livre no bairro Mantiquira, o trânsito fica ainda mais complicado. É quase impossível conseguir transitar pelas ruas, até mesmo a pé.

A produção da reportagem procurou novamente a Prefeitura Municipal de Duque de Caxias, que nos enviou a seguinte nota: " o Departamento de Trânsito da Guarda Municipal informa que vai intensificar a fiscalização no trânsito de Xerém esta semana para evitar os abusos que estão sendo cometidos por maus motoristas e puni-los dentro do Código Nacional de Trânsito. Informa também, que o setor está sendo reestruturado para atender a demanda e que os veículos de reboque estão passando por manutenção".

A prefeitura não quis comentar porque não iniciou a fiscalização na segunda semana de Fevereiro.

17/03/2017

07:16:07