News



foto

Vacinação

Foto: Internet

Prefeituras intensificam a vacinação contra a febre amarela

Em Xerém além de unidades de saúde, a vacina está sendo aplicada através de mutirões nas comunidades.

Depois que macacos foram encontrados mortos pelo vírus da febre amarela na região da Reserva Biológica do Tinguá na divisa do bairro de Tinguá em Nova Iguaçu com o distrito de Xerém em Duque de Caxias, as Prefeituras dos dois municípios intensificaram a vacinação contra a doença.

Duas pessoas morreram no estado do Rio de Janeiro vítima de febre amarela, uma em Teresópolis na Região Serrana e outra em Valença no sul do estado.

Uma caso suspeito da doença no município de Miguel Pereira na região centro - sul fluminense também está sob investigação. O município de Miguel Pereira também faz divisa com Xerém e Tinguá através da Reserva Biológica.

No distrito de Xerém a vacinação esta acontecendo na Unidade pré hospitalar José Evangelista de Souza (catita) conhecido como posto de saúde de Xerém, segundas, quartas e sextas feiras o dia todo, e na antiga maternidade de Xerém no bairro Vila Santa Alice aos sábados pela manhã.

Além desses locais a secretaria municipal de saúde está realizando mutirões de vacinação inclusive no dia 19 na praça de Mantiqueira no bairro de mesmo nome de 09 as 16 hs e no dia 20 de 09 hs ao meio dia. No dia 20 também haverá vacinação na antiga maternidade de Xerém de 09 hs ao meio dia e no bairro Piranema na região rural do distrito.

Em entrevista ao programa Espaço Aberto que vai ao ar as sextas feiras pela Rádio Serra Verde FM, a chefe da Reserva Biológica de Tinguá Virgínia Talbot ressaltou a importância da vacinação para pessoas que moram nas áreas próximas a reserva e também de matas. Virgínia esclareceu também que os macacos não transmitem a doença e sim são vítimas como os seres humanos. " o macaco não transmite a doença e sim nos alerta da presença do vírus. Se os macacos não existissem, só saberíamos que o vírus está circulando em determinado local depois de um humano infectado", esclareceu Virgínia.

A febre amarela é transmitida por mosquitos a pessoas não vacinadas em áreas de mata. A vacinação está disponível nos postos de saúde de todo o país e é recomendada para pessoas que habitam ou visitam áreas com risco da doença. Uma dose apenas garante imunidade por toda a vida.

17/01/2018

15:02:43