Governo anuncia lançamento do Portal de Transparência do Pacto RJ, que vai investir R$ 17 bilhões

Usuário poderá saber quanto da verba foi destinada para cada município, mas não será possível saber quanto já foi investido por cada cidade.

O governador do Rio, Cláudio Castro (PL), anunciou nesta terça-feira (14) o lançamento do Portal de Transparência do Pacto RJ.

O pacote de investimentos é de R$ 17 bilhões nos próximos três anos, espalhados entre os 92 municípios.

O Pacto RJ será composto por R$ 14 bilhões de recursos do próprio do orçamento do estado e R$ 3 bilhões de recursos do leilão da Companhia Estadual de Águas e Esgotos do Rio de Janeiro.

"Eu já havia dito que nenhum dinheiro da Cedae será gasto com total transparência. Acabou que ampliamos isso, porque o PactoRJ é maior que a Cedae", disse Castro.

O governador informou que será possível saber quais foram os repasses feitos pelo estado aos municípios, mas não haverá monitoramento de quanto cada cidade está gastando nos projetos.

Alguns dos projetos

  • recuperação de 50% das estradas estaduais (as RJs);
  • construção de 7.340 unidades habitacionais no Rio, na Baixada Fluminense e no interior, incluindo as comunidades do Alemão, Jacarezinho e Manguinhos;
  • reforma de 60 conjuntos habitacionais em todo o estado;
  • criação de um corredor exclusivo para ônibus em São Gonçalo;
  • retomada do Teleférico do Alemão, que está fechado desde 2016;
  • construção do metrô de superfície da Baixada ligando à Linha 2, na Pavuna;
  • criação de mais 26 Restaurantes do Povo e 52 unidades do Café do Trabalhador;
  • reforma de 50 Cieps e a construção de 11 novas escolas;
  • aberturas de novos leitos em todo o estado;
  • início das obras no Guandu;
  • reforma e construção de centros esportivos;
  • retomada das obras do Museu da Imagem e do Som, em Copacabana;
  • ampliação de linhas de crédito e programas como o Supera RJ;
  • concessão de 132 mil títulos de regularização fundiária;
  • construção do Rio Imagem da Baixada e do Centro de Diagnóstico em Casemiro de Abreu e em São Gonçalo;
  • ampliação do Bairro Seguro para mais 29 localidades;
  • expansão de 20 a 30 novas bases do Segurança Presente;
  • ampliação das Delegacias de Atendimento a Mulher (Deam) e da Patrulha Maria da Penha;
  • instalação de 22 mil câmeras portáteis em equipes da PM;
  • investimento em limpeza e desassoreamento de 79 rios e canais;
  • implementação do RJ + 10, de incentivo ao turismo.

 

Fonte: G1

Comentários